Voto Azul: Uma Causa!

Na última reunião da Diretoria Executiva e Conselho Deliberativo da AEA-PR o tema principal de discussão foi a reedição do Voto Azul, criado nos anos 90, pela FENAG, quando foi detectada a necessidade de termos parlamentares, preferencialmente colegas com atitudes e liderança,  comprometidos em defender a Caixa, em vista o risco sério de privatização pelo governo da época.

Hoje vivemos uma situação de ameaças sérias aos nossos direitos e garantia de futuro, com a desestabilização  da Funcef e supressão de benefícios do nosso plano de saúde. Com relação à Funcef, tivemos algumas vitórias, como a instalação da CPI dos Fundos de Pensão, cujo relatório final indicando gestão fraudulenta de gestores e influência maléfica de empresários, só foi possível pela atuação de entidades, como a AEA-PR,  e de grupos de colegas junto aos parlamentares, exigindo que os culpados fossem indiciados.

Se tivéssemos parlamentares previamente comprometidos com a causa dos empregados e aposentados, não só da Caixa e da Funcef, mas de outras estatais e fundos de pensão, o trânsito junto à Câmara Federal e nas esferas estaduais em projetos de lei que nos dizem respeito seria muito mais fácil. Por isso, a necessidade de um engajamento político apartidário. Infelizmente a política anda desacreditada e a maioria das pessoas rejeitam qualquer menção a esse assunto, o que não é o melhor caminho, pois todos temos responsabilidade com o bem coletivo – o que só conseguimos sendo partícipes com conhecimento das nossas causas e da nossa comunidade, o que passa necessariamente pela política.

 

Participação política

Segundo o filósofo grego Aristóteles, a política é a ciência que tem por objetivo a felicidade humana e divide-se em ética (que se preocupa com a felicidade individual do homem na Cidade-Estado – ou ‘pólis’), e na política propriamente dita (que se preocupa com a felicidade coletiva).

Infelizmente só lembramos que a nossa participação política é importante quando estamos em perigo eminente. Se tivéssemos dado continuidade àquele projeto dos anos 90, quando foram eleitos quatro colegas parlamentares, incluindo um no Paraná, hoje estaríamos melhor representados nas esferas municipal,  estadual e Federal – com parlamentares comprometidos em defender nossas causas.

Tanto na reunião da Diretoria Executiva, com a participação de representantes do interior, como na reunião do Conselho Deliberativo, quando o assunto foi amplamente debatido, as opiniões foram favoráveis ao Voto Azul. Ou seja, precisamos ter nossos representantes da Caixa na política nacional, com conhecimento, habilidades e atitudes, mas também podendo apoiar candidatos que tenham na sua plataforma a defesa da Caixa 100% Pública, os Fundos de Pensão e a assistência de saúde para as empregados e assistidos das estatais.

Esse projeto deve ser contínuo, não apenas na época das eleições. As entidades devem promover discussões, acompanhar o trabalho dos parlamentares, sugerir projetos e cobrar resultados e, principalmente detectar e preparar pessoas com participação coletivas que possam ser nossos representantes.

 

Candidatos  “Voto Azul”

Nestas eleições de Outubro, temos alguns colegas, ex-funcionários da Caixa, entre os candidatos: Mounir Chaowiche, candidato a deputado federal, e Osmair Javorosky, candidato a deputado estadual.

“Sofremos muito por falta de representação política. Nossa Caixa, criada por mais de 30 anos de trabalho, pode ser tomada pela iniciativa privada a qualquer momento. Não tendo representantes nossos no estado e na esfera federal será muito difícil combater essa agressão”, defende o candidato Osmair Javorosky.

A AEA-PR apoia também a candidatura  deputado estadual de Sabino Picolo, que concorre com o número 25625. Sabino é vereador em Curitiba, aposentado do então Banestado e Sócio Benemérito da APCEF/PR.

“Assim que me elegi vereador, passei a ser parceiro dos funcionários e aposentados da Caixa, na defesa de seus interesses e direitos. Hoje estamos nesta empreitada para termos legítimos representantes da Caixa Econômica Federal na Assembleia e para juntos a representantes da esfera federal, como  Mounir Chaowiche, defender os interesses da Instituição e dos funcionários”, afirma Sabino Picolo.

Em comum todos têm o compromisso de Defender a Caixa 100% Pública, trabalhar pela melhoria na legislação para dar maior proteção aos participantes e assistidos dos fundos de pensões das estatais, em especial da FUNCEF, e trabalhar pela manutenção dos direitos da Caixa, em especial em relação ao Saúde Caixa.

“Os empregados precisam ter representantes para defender a Caixa, que é uma empresa fundamental para o desenvolvimento social do país”, enfatiza Mounir Chaowiche.

 

Conheça os candidatos:

 

Mounir Chaowiche (4599) –Deputado Federal

Mounir Chaowiche é candidato ao cargo de Deputado Federal do Paraná pelo PSDB na coligação PARANÁ FORTE. Natural de PR – Joaquim Távora, Mounir Chaowiche foi funcionário da Caixa por mais de 30 anos, presidente da COHAB, COHAPAR e SANEPAR.

 

Sabino Picolo (25625) –Deputado Estadual

Candidato a Deputado Estadual no Paraná pelo DEM – Democratas. Natural de Francisco Beltrão-PR, Sabino Picolo é vereador de Curitiba, bancária aposentado e autor do projeto que concedeu à APCEF/PR entidade a Declaração de Utilidade Pública. Sabino vem auxiliando a entidade a conseguir a RPPNM que é uma reserva particular da Mata Nativa, o que deverá trazer benefícios para a APCEF/PR.

 

Osmair Javoroski (12333) – Deputado Estadual

Aposentado pela Caixa, onde trabalhou durante 30 anos. Casado, natural de Curitiba-PR, candidato a Deputado Estadual pelo PDT – Partido Democrático Trabalhista.

 

 

Atenção associado!

A sede da AEA-PR em Curitiba estará fechada nos dias 15 e 16 de novembro, em razão do feriado.