Peças de inverno produzidas nas Oficinas Solidárias serão doadas a Lares de idosos

Laços de amizade e solidariedade estão sendo costurados nas tardes de segundas e sextas-feiras na sede da AEA-PR. O grupo de associadas, que se reúne há cerca de um ano, produz a cada dia peças mais bonitas e quentinhas para doar a lar de idosos da cidade.

 


Toucas, meias de lã, mantas e cobertores são algumas das peças que estão sendo tricotadas e também produzidas a partir de resíduos têxteis doados pela Associação de Pais e Mestres do Colégio Militar.

“Recuperamos materiais de uniformes militares que normalmente seriam destinados à incineração para produzir edredons e outras peças que servirão a muitos idosos”, conta Bernadeth Venski. A aposentada mora em Campo Largo mas semanalmente vai à sede da AEA-PR para ajudar a descosturar os uniformes, para que possam ser usados na produção.


“Também trabalho em casa para trazer os tecidos prontos. Pra mim é uma terapia e uma motivação a possibilidade de não desperdiçarmos materiais, estarmos nos ocupando, nos relacionando e ainda podendo ajudar”, explica Bernadeth.

A beleza das peças é de encher os olhos e emocionar afinal, além de bonitas, serão doadas a quem precisa. O trabalho é feito a muitas mãos e com importantes itens no acabamento: capricho e muito carinho.


Segundo Elizet, coordenadora da Oficina Solidária, as atividades continuarão no segundo semestre com uma nova linha de produtos voltados para presentes e decoração natalina.

Atenção associado!

A sede da AEA-PR em Curitiba estará fechada nos dias 15 e 16 de novembro, em razão do feriado.