Fenae anuncia primeira reunião de 2019 com a Caixa

A defesa da Caixa 100% pública e a contratação de mais empregados serão alguns dos temas da pauta da primeira negociação com o banco em 2019. Na reunião, agendada para o dia 1º de fevereiro, a Comissão Executiva dos Empregados (CEE) vai cobrar detalhes sobre a convocação de concursados aprovados no concurso público de 2014, anunciada na semana passada pela direção da empresa.

A não convocação dos aprovados no concurso público realizado pela Caixa em 2014 é alvo de Ação Civil Pública ingressada pelo Ministério Público do Trabalho, no Distrito Federal e em Tocantins. No dia 6 e outubro de 2016, a juíza Natália Queiroz, da 6ª Vara do Trabalho de Brasília, postergou a validade do certame até o trânsito em julgado da ação.

Em 2014, a Caixa contava com pouco mais de 101 mil empregados. No Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2014/2015, a direção do banco se comprometeu a realizar mais 2 mil contratações, o que elevaria o total para além dos 103 mil. De lá para cá, porém, mais de 16 mil deixaram a empresa, principalmente por meio dos planos de desligamentos. Não se sabe ao certo quantas contratações foram feitas, mas dos mais de 30 mil aprovados no último concurso público, menos de 10% foram convocados. Hoje, são cerca de 85 mil empregados.

 

Outros temas

Estarão em pauta também assuntos como o leilão da Lotex, remarcado para o dia 5 de fevereiro, fechamentos de agências, verticalização, Saúde Caixa, descomissionamento via GDP, dentre outros. “São temas fundamentais e urgentes que refletem no dia a dia do empregado da Caixa.  A negociação com a Caixa está prevista para ocorrer no dia 1º de fevereiro, em Brasília (DF), das 9 às 12h30.

 

Fonte: Fenae

 

Atenção aposentados que estão com cartão alimentação bloqueado:
Entrar em contato com a AEA-PR, para receber orientações necessárias pro desbloqueio. Falar com Franciele ou Cibele.