Eleição para Conselho de Usuários do Saúde Caixa se aproxima

Os novos representantes do Saúde Caixa serão eleitos no mês de fevereiro.  A votação ocorrerá entre os dias 3 e 7 de fevereiro, pelo endereço eletrônico: https://saude.caixa.gov.br. Os usuários devem fazer login utilizando número de matrícula com dígito (sem o C e sem o hífen). É necessário cadastrar uma senha caso o usuário não possua, por isso é importante que o acesso seja feito com antecedência. Poderão votar todos usuários titulares inscritos no Saúde Caixa até 20 de janeiro. 

Saiba mais: http://www.centralsaudecaixa.com.br/conselho/

O Conselho de Usuários é um órgão autônomo de caráter consultivo, criado com a finalidade de oferecer à Caixa subsídios ao aperfeiçoamento da gestão do Saúde Caixa, conforme as normas, regulamento e legislação em vigor. É composto por 5 participantes titulares e seus respectivos suplentes, indicados pela Caixa e 5 participantes titulares e seus respectivos suplentes, eleitos pelos empregados da Caixa – ativos e aposentados, participantes titulares do Saúde Caixa.

*Veja a cartilha sobre o Saúde Caixa: http://aeapr.com.br/cartilha-saiba-tudo-sobre-o-saude-caixa/

Diretora da AEA-PR concorre com Chapa 1

A diretoria da AEA-PR apoia a candidatura da Chapa 1, que tem como titular a colega Márcia Lacerda Krambeck, atual diretora de Saúde e Benefícios da Associação. Márcia atuou por 32 anos na Caixa, sendo 26 como Gestora de Recursos Humanos no Paraná.

Entre 2017 e 2019, atuou no Conselho e Usuários, como suplente, representando também a Fenacef. Com ampla vivência e estudiosa da área de saúde e previdência, Márcia buscar propostas e soluções de apoio aos usuários e titulares.

“A Márcia é uma das pessoas que mais conhece de Saúde Caixa no Brasil. Pessoa preparada, atuante e dedicada as causas dos economiarios. Tem o apoio total da AEA-PR. Votaremos Chapa 1 nas eleições do Saúde Caixa!”, afirma Valfrido Oliveira, presidente da AEA-PR.

Veja Notícias dos últimos anos relativas ao Saúde Caixa e Conselho de Usuários: http://aeapr.com.br/?s=saude

Conheça as propostas da Chapa 1

Sustentabilidade

• Defender o modelo de custeio em vigor desde 2004, com 70% das despesas assistenciais pagas pela Caixa e 30%, pelos usuários.

• Atuar junto com as representações dos trabalhadores de estatais pela extinção das CGPAR 22 e 23.

• Defender o Saúde Caixa para todos, para fortalecimento do plano e eliminação de diferenças de tratamento a empregados, independente de quando ingressaram na empresa – inclusão dos admitidos na Caixa a partir de 1º de setembro de 2018. 

• Atuar junto com as representações dos usuários pela retirada do estatuto da Caixa do percentual de 6,5% da folha de pagamento como limite para participação da empresa no custeio.

Transparência 

• Exigir da Caixa a apresentação regular de relatórios atuariais, gerenciais e financeiros do plano.

• Atuar junto com as representações dos empregados em defesa das propostas do Conecef para o Saúde Caixa.

Eficiência

• Buscar junto à Caixa a solução para os problemas do sistema (SIAGS).

• Propor a revisão dos normativos do Saúde Caixa para simplificar procedimentos e reduzir a burocracia.

• Defender a criação de, no mínimo, uma representação do Saúde Caixa por estado

• Avançar na implantação e no fortalecimento dos Comitês de Credenciamento e Descredenciamento do Saúde Caixa por base Repes e GIPES, buscando ampliar e qualificar a rede credenciada de profissionais e clínicas.

Melhorias

• Defender a destinação do superávit à melhoria do plano, seja em cobertura, custeio, qualificação da gestão ou ampliação da rede credenciada.

• Defender a inclusão de pais com baixa renda a partir de estudo que comprove o não comprometimento financeiro do plano.

• Agilizar a análise de reembolso para usuários que não têm a possibilidade de utilização da rede credenciada.

• Defender a continuidade de custeio integral pela Caixa das terapias após retorno do empregado com sequelas físicas ou psicológicas, assim como aos aposentados por invalidez.

Aposentados

• Resguardar os direitos dos aposentados.

• Aperfeiçoar a comunicação do plano com os usuários, com atenção especial os aposentados.

• Atuar pela promoção da saúde e pela prevenção de doenças, com atenção máxima aos aposentados.