Diretores e conselheiros eleitos tomam posse na Funcef

Os diretores e conselheiros deliberativos e fiscais eleitos em 2018 foram empossados na semana passada (30/05) em Brasília. “Foi uma cerimônia simples mas muito bonita e positiva. Estamos bastante empolgados com início dos trabalhos”, conta Celso Matos, novo conselheiro deliberativo da Fundação, e representante da AEA-PR.

O presidente do Conselho Deliberativo da Funcef, Joaquim Lima,  falou sobre os últimos quatro anos Fundação – um período de grande dificuldade mas qom importantes medidas de governança tomadas pela Funcef para retomada de resultados, como a redução da taxa atuarial para 4,5% e o equacionamento de 2016 pelo máximo.

O presidente da Funcef, Carlos Vieira, destacou o trabalho em conjunto da Diretoria Executiva e dos conselhos Fiscal e Deliberativos para que a Fundação apresentasse, em 2018, o melhor resultado para o primeiro trimestre em 11 anos, superando a meta atuarial em 89% no período.

 

Continuidade dos compromissos

O diretor de Administração reeleito, Augusto Miranda, ressaltou a busca por mudanças na legislação e de governança para evitar novos equacionametos. O diretor de Benefícios reeleito, Délvio Brito, destacou a importância da parceria com o Ministério Público Federal para a melhoria da governança da Funcef – sendo a Fundação o primeiro fundo de pensão aceito como assistente da acusação pelo MPF na operação Greenfield.

O diretor de Planejamento e Controladoria reeleito, Max Pantoja Mauran, vislumbra um horizonte de esperança com os resultados recentes, a partir do que chamou de “missão comum”. Max também destacou a importância do formato paritário da Diretoria Executiva da Fundação, com a participação de membros ativos e assistidos na sua governança.

 

Trabalhos em curso

Segundo Celso Matos, uma primeria reunião do Conselho Deliberativo foi agendada para o dia 29 de junho. Os novos conselheiros também participarão de um curso para se interarem de todo funcionamento da Funcef, com os primeiros módulos nos dias 27 e 28 de junho.

“Estamos numa fase de muito estudo de legisçaões internas e externas, regimentos, estatuto etc. Um dos grandes desafios do momento é a revisão do Estatuto da Funcef. Estamos estudando as propostas e bastante envolvidos desde já nesse processo”, afirma o conselheiro deliberativo.

 

Com informações da Comunicação Social da Funcef

 

Atenção associado!

A sede da AEA-PR em Curitiba estará fechada nos dias 15 e 16 de novembro, em razão do feriado.